Resumir



Foi senhor do meu destino
Acura pressa ao lodo
O homem eterno
Que ninguém se lembra.

Foi à memória inacabada
Dos que vivem sobressaltados
O grito abafado e mórbido
Porque eu mesmo para isso tenho nascido.

Nada mais do que isso eu sou,
Nada e sempre eterno.

Abafar para resumir meus dias
E tudo que me resta enquanto
Eu sou quem sou.

Miguel Westerberg – 2008-06-26 – SP – Brasil

~ por miguelwest em 26 de Junho de 2008.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: