GLOBALIZAÇÃO E A CULTURA


Uma viagem a um lugar desconhecido levara me a tentar compreender por que de que numa era que a humanidade deu por nome contemporânea ainda se debate com uma das piores tabus o medo. Eu sei e tenho consciência disso que nasci de uma família pobre desorganizada e que em poucas palavras posso dizer caos. Nesta minha viagem com idade de 33 anos olhando para fora, pela janela do meu quarto, vi um mundo completamente diferente. Insegurança, receios numa só palavra: o caos ao que eu sempre estive habituado.
.
Faço uma pergunta para mim mesmo: será que tenho que me conformar com este caos? Será que o caos é a única forma da humanidade despertar de um sono profundo? Quando saio e misturo com as pessoas, quando me assento no banco de uma praça , quando tento dialogar com o meu próximo e vejo e sinto que há sem duvida em cada individuo que cruzo uma vontade para mudança. Hoje numa cidade pequena é que me encontro após muitas reflexões, interrogo me mais uma vez sobre isso: se há tanta vontade de mudança nos homens por que será que nada muda?
Por que será que a palavra medo persiste e obriga o ser humano a mergulhar muitas das vezes na solidão? Eu não falo de uma solidão qualquer, não falo de uma solidão de se estar verdadeiramente só..o que eu falo mesmo e de uma solidão profunda, da alma. Será que o medo ou os nossos receios são responsáveis por essa tão grande solidão que cada ser humano atravessa? Ontem a noite, repensei este todo, sobre o que ate aqui tenho escrito, da mesma forma que acredito que outros antes de mim já o tenham feito humanistas doutorados filósofos mestres intelectuais políticos e ate mesmo gente simples. Neste preciso momento eu mesmo tenho consciência daquilo que estou dizendo. Parece por vezes complicado…é como algo que esta vindo a mim pela primeira vez e eu mesmo apenas me predisponho a relatar o que posso apenas chamar de novo. Para a humanidade eu sei que o que é novo é sempre assustador, pois a humanidade teme as conseqüências de algum novo trajeto, não sabendo aonde os levará.

Afinal, o que me leva a falar sobre algo que eu acredito ser verdadeiramente novo. Que tipo de pensamento é este ou idéia será que vamos nos beneficiar dela? Será que vai trazer mais paz ao mundo? Será que a fundação para estes alicerces serão verdadeiramente fortes para fazer com que a humanidade possa sobreviver por mais cem anos e que depois desses cem anos ou antes deles, apareça alguém capaz de criar outros novos alicerces para uma geração futura a sua geração? Essa é a palavra nova que vos apresento: Globalização e o que é a globalização afinal de contas? Karl Marx através do socialismo determinara as bases para um pensamento coletivo, então a globalização tem por obrigação de ultrapassar esse coletivo quebrando um dos principais tabus que relatei anteriormente: o medo, mas medo de que afinal de contas? Medo que a humanidade, pela primeira vez se conscientize em um só pensamento aquele que ultrapassa o coletivo. Numa só palavra um pensamento global. Será que o pensamento global tem por obrigação seguir obrigatoriamente uma mentalidade que ate aqui se restringe a um meio comum a um conjunto de pessoas.tu que estas do outro lado poderás dizer para ti mesmo como é que ele que está do outro lado pode me dar uma resposta quando eu tenho uma cultura totalmente diferente?

Enquanto o coletivo se restringe a idéias de mudanças comuns a um determinado grupo, o global ultrapassa essas barreiras atingindo um nível muito mais elevado do que possamos ter consciência, obrigando nos a pensar no próximo que não é tão próximo, mas que faz parte do complexo global a que estamos inserido, gerando uma linha de pensamento uníssona que determina um comportamento criado dentro desses parâmetros, ou seja, um sentimento de totalidade que é comum a todos os indivíduos existentes no globo terrestre.

Miguel Westerberg – S.Paulo – Brasil
MOVIMENTO ARTISTICO OS GLOBALISTAS

~ por miguelwest em 28 de Novembro de 2007.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: